FILIADO Á
NOTÍCIAS
Segunda-feira, 11 de Novembro de 2019, 16h:34

Oficial

Sindojus/MT é o único representante legal dos Oficiais de Justiça em MT, afirma Jaime Rodrigues

Assessoria Sindojus/MT

O Ministério da Justiça e Segurança Pública – Secretaria Nacional de Justiça, por meio de Certidão do Cadastro Nacional das Entidades Sindicais (CNES), confirma que o Sindicato dos Oficiais de Justiça/ Avaliadores de Mato Grosso (Sindojus/MT) é único representante legal dos oficiais de Justiça.

“O CHEFE DE SERVIÇO DE APOIO ADMINSITRATIVO DA COORDENAÇÃO DE REGISTRO SINDICAL, no uso das atribuições conferidas pelo art. 3 º da Portaria n 115, de 20 de março de 2019 e o disposto na Portaria n 501, de 30 de abril de 2019, certifica, para fins de direito, que consta no Cadastro Nacional de Entidades Sindical - CNES o registro referente ao Processo n 46210.000366/212-56, do SINDOJUS/MT – Sindicato dos Oficiais de Justiça/Avaliadores do Estado de Mato Grosso, inscrição no CNPJ n º 11.573.139/0001-40, para representar a (s) categoria (s) Profissional dos Oficiais de Justiça/Avaliadores, na (s) base territorial (s) do Mato Grosso - MT com abrangência Estadual. Certifica, ainda, que se encontra informada junto ao CNES a diretoria com mandato até 20/12/2021”. Confira certidão no final da matéria.

Segundo o presidente do Sindojus/MT, diferente do que vem propagando de forma “mentirosa e leviana” o Sr. Rosenwal, presidente do Sinjusmat, a única entidade, representativa legal da Categoria dos (oficiais de Justiça) é o Sindojus/MT, conforme certidão emitida no último dia 05 de novembro de 2019.

“Lamentavelmente, o presidente do outro sindicato, que há muitos anos tenta se perpetuar a frente deste, tenta manipular os colegas oficiais de Justiça/Avaliadores, das Comarcas do interior espalhando inverdades sobre o Sindojus/MT, alegando que o Sindojus/MT não existe mais e não representa nossa categoria. Rosenwal também é oficial de Justiça. Não dá para entender qual o objetivo dele em tentar enfraquecer a categoria da qual ele faz parte. Por que será tanto empenho em prejudicar os oficiais de Justiça? Há quanto tempo ele está à frente do outro sindicato? o que foi que ele conseguiu de benefícios aos oficiais de Justiça? Quais as lutas em favor de nossa categoria que ele travou? São questionamentos que precisamos fazer colegas. O objetivo deste Senhor é tão somente se perpetuar como presidente daquela instituição. Será que não tem outro servidor de outras categorias aptos a administrar e representar os servidores do Poder Judiciário? A manutenção do Sindojus/MT parece atrapalhar seus planos. Está na hora de refletirmos sobre isso. A diretoria do Sindojus/MT lamenta profundamente, pois nossa luta tem sido árdua para buscar agregar valores a nossa categoria, buscando benefícios e, principalmente, dignidade. Basta refletir quantos ganhos já tivemos desde que o Sindojus/MT foi criado. Avaliem e não deixem se enganar".

Jaime pede ainda aos oficiais de Justiça que repassem aos colegas que o Sindojus continua à frente da categoria, lutando por melhorias, pois é único e legítimo representante legal dos oficiais de Justiça em Mato Grosso. "É uma pena que tenhamos que dispensar nosso tempo e energia que poderíamos estar buscando benefícios aos oficiais de Justiça, mas temos que parar as atividades para desmentir pessoas que o tempo todo tenta nos denegrir. Peço desculpas até pelo desabafo, mas peço também, que continuemos fortes e unidos, pois juntos vamos tornar o Sindojus/MT, Forte e Unidos e com isso, virão mais benefícios e diretos que faz jus a nossa categoria”, desabafa Jaime Rodrigues, presidente do Sindojus/MT.

Galeria de fotos:

 -
 -
Comentários









COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO